Home / Notícias / Conheça a diferença entre ensino e educação

Conheça a diferença entre ensino e educação

Por Viviane Bevilacqua

Nesta última semana circulou nas redes sociais a foto de um bilhete que um pai de aluno havia mandado para a professora, dizendo que seu filho andava muito indisciplinado em casa, e que ela tinha que dar um jeito naquilo, pois se ele estava pagando a escola era para que o menino, entre outras coisas, aprendesse a se comportar. Parece mentira, mas isso acontece _ e muito _ por aí. Antigamente, ocorria o contrário: eram as professoras que mandavam para os pais, na caderneta, os temidos bilhetinhos dizendo que o aluno não havia se comportado bem, pedindo providências. E vinha castigo na certa. Pelo menos perdíamos algumas regalias, até que a professora afirmasse que o comportamento havia melhorado.

Pois agora parece que virou tudo de cabeça para baixo. Os pais, muitas vezes, confundem educação com ensino, e repassam funções que deveriam ser suas (de pai, mãe ou responsável) para os professores. Educação vem de berço, diz o ditado. E eu concordo.  Na escola, no máximo, devem ser reforçados os valores que a criança já deveria trazer de casa. Infelizmente, para muitos pais parece ser muito mais fácil simplesmente abrir mão da sua responsabilidade (ou fazer de conta que ela não existe) e cobrar da escola que seja dura, impositiva e exigente. Há, também, pais que são exatamente o oposto: Deus o livre que o professor seja mais duro com o seu filho! É capaz de ir à justiça se isso acontecer, passando a mão na cabeça da criança quando sua função deveria ser justamente a de impor limites.

Realmente parece que está acontecendo uma inversão de valores.  O coach profissional Robson Profeta, faz questão de explicar a diferença entre ensino e educação. Ensino é a maneira pela qual o conhecimento é transmitido, é como conseguimos melhorar nosso intelecto e enriquecer nossa cultura e clareza sobre as coisas da vida. Educação refere-se aos valores humanos e sociais. Um bom exemplo é a pessoa analfabeta que, ao encontrar uma carteira com dinheiro, procura o respectivo dono para devolvê-la. Ele não tem ensino, mas é nota 10 em educação, pois tem valores sólidos. Então, podemos concluir que a real missão da escola é ensinar; e a da família, educar, diz. Isso não significa que um professor não possa, ao perceber uma falha educacional no aluno, auxiliar a família a fortalecer a educação, assim como os pais podem (e devem) auxiliar no reforço e aprimoramento do conhecimento obtido pelos filhos na escola. Acho que não é tão difícil de entender.

Créditos

21875 Total 1 Hoje
Curta nossa página no facebook, comente e compartilhe. E saiba quais os sistemas em funcionamento